____________"Profundo Amar"____________: "À Espreita"

"Selos de Profundo Amar"

"Profundo Amar"

Os direitos autorais são protegidos pela lei de nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998.
"Violar é crime estabelecida pelo artigo 184 do código penal"
(Caso queira uma cópia, solicite-a e mencione sempre sua autoria)


Conheçam Também:

Grato H²K

27 de jul de 2010

"À Espreita"



Observo-lhe passando
Espreitando e analisando

Vejo vidas obliquas
Vidas esquecidas

Onde você em sua maestria
As domina, as tem em doutrina

Vejo como as seduz
Tiram-nas da escuridão lhes dando luz

Vivo assim a espreita
Observando como aos corações atenta

Os provoca a baterem com mais firmeza
Cegam-nos da cicatrizes a fim de que não as veja
Desperceba simplesmente esqueça

Eu que já conheço seus dotes
Espero por sua visita a este pote
Pote de vida esperando a sina

De amar a cada instante
Do amor em seu turbante

Que se esconde e se deixa visto
Provoca e vem sem aviso


É senhor cúpido

Cá estou eu novamente lhe pedindo algum abrigo.

10 comentários:

  1. A d o r e i !

    Uma noite de paz pra vc, amigo!

    B e i j o !

    ResponderExcluir
  2. Ora aí está...acho que deve mesmo fazer pazes com o senhor cupido. e depois deste poema não há cupido que não se enterneça...
    BEIJOSSSSS

    ResponderExcluir
  3. Tem uma imagem que acho interessante e cairia perfeitamente..o cupido tentando acertar a moça e erra, acaba acertando a própria pessoa, um cupido desastrado..rs! LIndo poema..amar a cada instante..um sonho que seja realizado!
    Um beijo
    Juliana

    ResponderExcluir
  4. Ora,ora, o cupido anda te rodeando né?entao fique na mira dele...

    Delicia te ler!

    Beijos,lindo

    Saudades

    ResponderExcluir
  5. Ah, cupido, querido cupido, manda um novo amor ao meu amigo.
    Gostei muito, Hamilton.

    Bjs no coração!

    Nilce

    ResponderExcluir
  6. Se o cupido escutar isso,certamente te mandará um novo abrigo!

    Bjinhos***

    ResponderExcluir
  7. "Que se esconde e se deixa visto
    Provoca e vem sem aviso"

    Essa dicotomia nos seduz em versos que fazem o coração pulsar mais forte!

    Que o cúpido lhe traga além de um amor abrigo, um doce e lindo dia!

    Beijos, poeta Hamilton!

    ResponderExcluir
  8. De amor que surge sem avisa acho que ando entendendo um pouco..rsrsrs...lindo poema!

    ResponderExcluir
  9. Que lindos versos...cheios de encanto e mistério...o cupido, não sei se dá abrigo...penso que ele adora fazer o coração alheio perder o compasso...
    Beijo
    Valéria

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Web Analytics