____________"Profundo Amar"____________: "Inócuo"

"Selos de Profundo Amar"

"Profundo Amar"

Os direitos autorais são protegidos pela lei de nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998.
"Violar é crime estabelecida pelo artigo 184 do código penal"
(Caso queira uma cópia, solicite-a e mencione sempre sua autoria)


Conheçam Também:

Grato H²K

23 de mai de 2011

"Inócuo"




Um sentido inócuo invade meu ser
A inquietude em meu corpo o faz perceber

É sentida a ausência sem se ter tido a presença
É uma saudade desmedida sem desavença

É o estar-se presente mesmo quando ausente
É o pensar ininterrupto que nasce veemente

Tanto querer enclausurado
A borboleta em casulo demasiado

Um sentimento sedento pela vida
Para dar se asas e viver sem medida

A espera do inusitado
O descobrimento já há muito exaltado

Calado percebo que o sentido não é infundado
Já que sentido se sente por estar se vivo

Nada deve ser simplesmente fragmentado
Nenhum sentimento dever se ia morrer calado

Nenhuma vida é traçada em caminho de rosas
Todas as estradas vezes são tortuosas

E o sentido inócuo que me invade
Conheço bem, é também chamada de saudade




7 comentários:

  1. A saudade não deveria ser para os corações humanos
    mais sim sempre a presença, a constância, certeza!
    Lindo poema!

    Juliana

    ResponderExcluir
  2. Oi meu amigo querido

    Sair do casulo é bom, sentir saudades do que foi bom, também.
    A saudade não pode ser um sofrimento nem deixar-nos enclausurados.

    Bjs no seu coração!

    Nilce

    ResponderExcluir
  3. Saudade é uma COISA gostosa.
    Lindo poema.
    BeijossSSS

    ResponderExcluir
  4. Olá Hamilton, desejo que tudo esteja bem contigo!
    Em órbita pela galáxia blogueira, me chamou atenção este seu espaço, assim eu aterrissei e li, admirei as imagens, gostei, e como sempre soube que não é elegante sair sem nada dizer, deixo meu singelo e humilde elogio ao belo poema que li. Parabéns por tão belo e sensível poema.
    Penso que a dor da saudade é que nos faz lembrar vez ou outra que ainda somos humanos! Algumas vezes a saudade é como a distância, tem certa dualidade, pois provoca tristeza e no momento seguinte provoca a alegria de chegar, ou do reencontro!
    Caso entenda ser esta minha visita, uma deselegante afronta, é seu o espaço, então o despeje a latinha de coisas prontas (com broncas)ainda assim afirmo que daqui gostei, e se possível, claro, voltarei, e desejo a você e todos ao redor intensa felicidade, grande abraço e, quem sabe, até mais!

    ResponderExcluir
  5. Ingenuidade, inquietude e saudade é uma tríade que conheço bem...

    Poema leve e belo como uma borboleta azul!

    ResponderExcluir
  6. Olá boa noite tudo bem, muito belo seu poema,com uma construção Lingüística bastante criativa, além de um significado muito profundo, que conseguiu tocar em minha alma.

    Beijos e abraços na alma

    ResponderExcluir
  7. Tua escrita ( poesia )
    mexe muito comigo, vidas
    descrita com tanta verdade
    será apenas poesia
    essa minha verdade?

    Amo de paixão tua poesia!

    Isa

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Web Analytics